Herpes x micropigmentação

11 d agosto d 2016

herpes

Os profissionais de micropigmentação estão sujeitos a contração de vários problemas de saúde por causa do alto número de clientes atendidos. Todo cuidado é pouco! Existem doenças que merecem uma atenção especial, como a herpes. Ao realizar a pigmentação de lábios, fique ainda mais atento ao meu alerta: o herpes pode ser transmitida durante uma sessão.

Vamos entender o que é herpes e como é transmitida? A herpes é uma doença contagiosa, mais comum que se possa imaginar, causada por um vírus chamado HSV que possui dois tipos. O primeiro está associado às lesões orais e o outro às lesões genitais.

A transmissão acontece através do contato direto com o líquido existente nas bolhas de uma pessoa infectada. Após essa primeira contaminação, o vírus pode permanecer no corpo sem se manifestar ao longo da vida. Normalmente, se manifesta quando há baixa na imunidade, estresse, exposição prolongada ao sol, febre alta, infecções, menstruação ou quando ocorrer algum trauma.

É preciso atenção nos procedimentos em lábios já que arranhamos a pele do cliente para introduzir o pigmento e ficamos sujeitos à transmissão do vírus. Em decorrência de situações como essa, sempre destaco a importância de uma anamnese completa e detalhada. Se ficar constrangido, pergunte de forma delicada, mas, não esqueça de averiguar se o cliente já possui o vírus. Uma vez que o vírus se manifestou, é praticamente certo que se manifestará durante a micropigmentação.

Explique que o fato de ter a doença não impede o procedimento, apenas será necessário um cuidado maior. A recomendação é o cliente ingerir a medicação contra o herpes antes e depois do procedimento.  Caso não tenha esse cuidado, há um risco da doença se manifestar e tornar a sessão muito dolorosa, além de prejudicar o resultado final.

Os pequenos cuidados são importantes para estabelecer uma relação de confiança e a preservar a sua saúde e a de seus clientes!